quarta-feira, 11 de abril de 2012

Post longo, desabafo.

Meu dia hj não está bem, estou com vários pensamentos ruins, que me impedem de lutar. Minha vontade é deitar e nunca mais levantar, não me sinto bem, e pra ajudar a ansiedade tomou conta do meu ser. Comi bombons o que me deixou pior do que estava antes. Mas o que me deixa aguniada não tem relação a isto, pelo menos hj não.
Com o passar do tempo percebo que nunca fiz nada de bom, não tenho amigos, vivo em função do meu marido, que por sinal saiu agora sem nem me dizer pra onde iria depois de uma pequena discussão. Percebo que sou tão inútil a ponto de não ter sentido a minha vida passar. Já estou com trinta anos e o que fiz pra melhorar? Sinto falta de uma paixão avassaladora, que me deixe feliz e aberta a novas experiências, não consigo ter amor por nada,não consigo pensar em outra coisa que não seja comida.
Todos os dias de minha vida me pego pensando em como sou infeliz, me pego imaginando como viveria se encontrasse um novo amor que me fizesse sentir viva. Não consigo explicar meus sentimentos, eles vem e vão tão rápido que já não consigo descrevê-los. O amor que sentia antes já não existe, vejo um futuro triste, mesmo que consiga chegar em meus objetivos de peso, sei que vou continuar infeliz. Gostaria de voltar no tempo e refazer a minha vida, talvez deixar de lado estes sentimentos de solidão e agonia.
Sei que parece tão banal, mas pra mim é tão doloroso. Penso que poderia ter seguido em frente, ter novos relacionamentos qdo estávamos separados, mas que nada. A idiota aqui achou que não seria justo, que não seria vista com bons olhos pela sociedade. Me arrependo tanto disso. Mas o pior é que agora não tenho motivos comprovados pra voltar atrás e dizer que não quero mais permanecer casada. O que eu faço? Continuo triste chorando as escondidas e fingindo estar bem junto aos outros? Ou abro o jogo e faço meu marido, que vou chamar de C o homem mais infeliz que já vi?
Ele faz de tudo pra me deixar bem, me trata como nunca havia tratado antes, por isso penso muito nesta decisão. É muito difícil ver que qdo tinha motivos segurei com unhas e dentes este relacionamento e agora que está tudo bem quero desfazê-lo por falta de amor. Gostaria de ter uma pessoa que me ouvisse, que me ajudasse, mas não tenho nem mesmo parentes pra desabar, agora mesmo estou chorando sozinha, nem meu filho está aqui comigo, foi jantar na casa de um tio. Me sinto sozinha, abandonada desde que minha mãe morreu, isso já faz três anos. Não consigo confiar em ninguém. Peço desculpas por falar tanto aqui, mas é o único lugar, onde sei que não vão me julgar, nem me crucificar pela vida medíocre que estou levando.
Muitos beijos a todas, espero que os seus dias tenham sido bem melhores que o meus.

4 comentários:

  1. Nem sei como ajudar... Se confia nele, tente conversar, diga que se sente mal, se sente sozinha, talvez seja inicio de depressão, quem sabe ele entenda...
    Caso não, procure um psicólogo ou psiquiatra pra te ajudar.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que pesada essa barra que voce ta segurando. e eu nem sei o que posso falar para te animar, mas como voce disse que vive em funcao de seu marido, talvez esteja na hora de tentar fazer algo por voce, eu nao sei, algo que te faca refletir... Espero que nao continue tao triste, acho que voce deveria correr atras da sua felicidade, ja que ela nao vem ate vc
    Bjus e melhoras, de coracao

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!
    É realmente triste passar por isso...
    ...no meu 1º relacionamento me senti assim.
    Sorte pra você ^^
    Força sempre ♥

    ResponderExcluir
  4. Mellany adorei seu blog, tbm to seguindo flor *-* força ! estou em meus dias de NF e só olhando os blogs pra me trazerem inspiração, OBG pela ajuda ! bjos!

    ResponderExcluir

Mensagens que me incentivam.